segunda-feira, 14 de Maio de 2012

“GERRIT RIETVELD: THE REVOLUTION OF SPACE” EM EXIBIÇÃO NO VITRA DESIGN MUSEUM


“The Revolution of Space”, a primeira grande retrospectiva do trabalho de Gerrit Rietveld, estará em exibição no Vitra Design Museum, em Weil am Rhein, Alemanha, de 17 de maio a 16 de setembro.

A exposição reúne mais de 320 objetos, incluindo mobiliário, pinturas, fotografias, filmes e cerca de 100 desenhos originais, oferecendo uma visão abrangente do trabalho do designer holandês.

Gerrit Rietveld associou-se desde o início da sua carreira ao movimento De Stijl e às suas figuras centrais, Theo van Doesburg e Piet Mondrian, refletindo os ideais artísticos do grupo nos seus projetos. Transformou os objetos e edifícios em composições abstratas de linhas e planos, principalmente em preto, branco, cinza e as cores primárias amarelo, vermelho e azul. No entanto, a sua lendária cadeira Red-Blue foi criada em 1918 sem o impressionante esquema de cores do qual deriva o seu nome. A versão colorida (na imagem) remonta ao ano de 1923.

O seu primeiro projeto arquitetónico, a casa Rietveld-Schröder, data de 1924 e é um marco da arquitetura moderna e representação perfeita das ideias e conceitos defendidos por De Stijl. O projeto foi encomendado por Truus Schröder, uma viúva que não só desempenhou um papel decisivo no projeto da sua casa, mas também forneceu impulsos essenciais para trabalhos posteriores de Rietveld.

Rietveld rompeu com o grupo De Stijl em 1828 e aderiu ao movimento Nieuwe Zakelijkheid. Em 1932 criou a famosa cadeira zig-zag, composta por apenas 4 placas de madeira. Entre as suas obras mais importantes destacam-se também as Row-Houses, em Utrecht (1931-1934), o pavilhão holandês na Bienal de Veneza (1954) e o Museu Van Gogh, em Amesterdão, entre muitas outras.

Sem comentários: