quinta-feira, 23 de junho de 2016


DAVID CATALÁN E TÂNIA NICOLE APRESENTAM COLEÇÃO NO FASHIONCLASH




A ModaLisboa continua a divulgar o talento dos jovens designers de moda portugueses, tanto ao nível nacional como internacional. David Catalán e Tânia Nicole apresentaram as suas coleções nas últimas três edições do Sangue Novo e foram selecionados por Branko Popovic, diretor do FashionClash, para representar Portugal em Maastricht, no âmbito da parceria da ModaLisboa com o festival de moda holandês.

LER MAIS >



quarta-feira, 22 de junho de 2016

LOUIS VUITTON LANÇA NOVA CAMPANHA “SERIES 5”




A nova campanha de outono/inverno 16/17 da Louis Vuitton, "Series 5", continua a exploração visual iniciada em 2014 por Nicolas Ghesquière. Bruce Weber é o maestro pictórico desta narrativa múltipla. Numa sinfonia visual, o fotógrafo capta as várias personagens a que Ghesquière chama de heroínas. Selena Gomez é a estrela da coleção.

LER MAIS >

terça-feira, 21 de junho de 2016

DEMO’16 – ALUNOS DE MODA DA FA-UL APRESENTAM PROJETOS DE FINAL DE ANO




Os alunos finalistas da licenciatura e do 1º ano do mestrado em Design de Moda da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa (FA-UL) vão dar a conhecer ao público os seus projetos de final de ano. O desfile DEMO’16 terá lugar no próximo dia 6 de julho, pelas 18h30, no Palácio Almada Carvalhais, no Largo do Conde Barão 50, em Lisboa. A entrada é livre.

LER MAIS >



segunda-feira, 20 de junho de 2016

BRANCO | TENDÊNCIAS PRIMAVERA / VERÃO 2016




Clássico e intemporal, o BRANCO é uma das cores obrigatórias deste verão. Nas coleções dos criadores portugueses predomina em look total, conferindo frescura e leveza a diferentes peças e materiais.


VER FOTOS MULHER >


VER FOTOS HOMEM >

quinta-feira, 16 de junho de 2016

ANA SALAZAR LANÇA COLEÇÃO DE LENÇOS “LEGACY”




Ana Salazar continua a dedicar-se à sua grande paixão: a Moda. Depois do seu regresso com a coleção “Back to the Future” em novembro de 2015, a pioneira da moda portuguesa lança agora a sua nova marca “Ana by Ana Salazar” e apresenta uma coleção cápsula de lenços em seda, apelidada de “Legacy”.

“Legacy” inclui 8 lenços de Senhora (90x90cm) e 8 pocket squares para Homem (40x40cm), todos 100% seda e de produção portuguesa. Esta coleção consagra a ligação de Ana Salazar a futuros designers de moda. A criadora trabalhou em parceria com quatro alunos do Modatex - João Barriga, Carla Campos, Sara Cruz e Susana Grou - no desenvolvimento de estampagens originais, que conciliou com os seus próprios padrões. O resultado é uma coleção intemporal, marcada por geometrias e tons como o negro, o cinza e o vermelho sangue que reportam ao universo de Ana Salazar.

Os lenços podem ser encomendados através do e-mail ana@anabyanasalazar.pt e em breve no website www.anabyanasalazar.pt, com a facilidade de acompanhamento por parte do consumidor através do sistema personal tracking via sms e e-mail.



quarta-feira, 15 de junho de 2016

SALVATORE FERRAGAMO APRESENTA “ACROSS ART AND FASHION”




A relação entre Moda e Arte é o tema da exposição “Across Art and Fashion”, organizada pela Fondazione Ferragamo e o Museo Salvatore Ferragamo, em colaboração com diversas instituições culturais de Florença, incluindo a Biblioteca Nazionale Centrale Firenze, a Gallerie Degli Uffizi, a Galleria del Costume di Palazzo Pitti, o Museo Marino Marini, assim como o Museo del Tessuto, em Prato.

Patente até 7 de abril de 2017, “Across Art and Fashion” analisa as formas de diálogo entre estes dois mundos criativos que se têm influenciado mutuamente ao longo dos séculos: as inspirações mútuas, as sobreposições e colaborações. A mostra reúne moda, acessórios, tecidos, obras de arte, livros, revistas e fotografias.

“Across Art and Fashion” centra-se no trabalho de Salvatore Ferragamo (1898-1960), o famoso designer de calçado italiano que nutria um enorme fascínio pela arte de vanguarda do século XX e encontrava nela uma grande fonte de inspiração.

Entre as peças expostas estão uns pumps de Salvatore Ferragamo inspirados no trabalho da década de 1950 do artista norte-americano Kenneth Noland; um vestido de Elsa Schiaparelli desenhado em colaboração com Salvador Dalí nos anos 1930; um vestido de Yves Saint Laurent inspirado em Piet Mondrian; as esculturais criações de Hussein Chalayan.

A exposição foca também a experimentação dos anos 1990 e questiona se hoje ainda faz sentido falarmos de dois mundos separados ou se, em vez disso, podemos afirmar que Moda é Arte?

quinta-feira, 9 de junho de 2016

GDA ORGANIZA SEMINÁRIO SOBRE FINANCIAMENTO PARA ARTISTAS




A Fundação GDA - Gestão dos Direitos dos Artistas está a organizar um seminário para artistas, com o objetivo de facilitar o acesso à informação sobre as oportunidades de financiamento europeu. O evento terá lugar no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, nos dias 27 e 28 de junho, e no Teatro Nacional S. João, no Porto, a 11 e 12 de julho. A entrada é livre mediante inscrição prévia.

O universo dos financiamentos europeus é uma incógnita para muitos artistas em Portugal e apresenta-se algo complexo, em termos de linguagem e de procedimentos. Nomes como Portugal 2020, Europa Criativa, Erasmus +, Horizonte 2020 ou Programas Operacionais podem fazer parte do nosso dia a dia, mas os artistas não sabem se podem beneficiar e como deverão proceder.

“Este não é mais um seminário” pretende facilitar o acesso à informação sobre as oportunidades de financiamento europeu e esclarecer dúvidas. O seminário será composto por uma parte expositiva, onde serão apresentados e explicados os vários programas de apoio existentes; e por uma parte prática, que visa exemplificar o processo de apresentação de uma candidatura (avisos, desenho do projeto, Portal 2020) e apresentar alguns exemplos concretos de projetos portugueses que tiveram financiamento europeu. O objetivo é facilitar a interpretação da informação disponível e aumentar a autonomia e as competências de auto produção (“empreendedorismo”) para todos os artistas que desejam ou têm necessidade de recorrer a financiamento europeu.

Para a Fundação GDA esta ação será um primeiro passo para uma intervenção continuada nesta área, num modelo de “aconselhamento de proximidade” aos artistas.

Mais informações e inscrições em www.gda.pt

quarta-feira, 8 de junho de 2016

FOAM GALLERY APRESENTA RETROSPETIVA DE HELMUT NEWTON


De 17 de junho a 4 de setembro de 2016, a Foam Gallery, em Amesterdão, apresenta uma grandiosa retrospetiva da obra de Helmut Newton, o génio da fotografia de moda do último quarto do século XX, adepto do voyeurismo e da sensualidade, cujo estilo erótico continua a ser uma importante referência para as novas gerações de fotógrafos de moda. A mostra reúne mais de 200 fotografias, desde os seus conhecidos retratos a preto e branco até imagens vintage pertencentes à coleção privada da Fundação Helmut Newton, em Berlim. “Helmut by June”, o filme feito em 1995 pela mulher de Newton, estará também em exibição.

HELMUT NEWTON (1920-2004) manifestou desde muito cedo um forte interesse por fotografia. Durante a adolescência trabalhou com o famoso fotógrafo Yfa, em Berlim. Na década de 1940, abriu um estúdio de fotografia em Melburne e pouco tempo depois casou com a atriz June Brown, que também se tornou fotógrafa, usando o nome Alice Springs. Na década de 1960, o casal mudou-se para Monte Carlo e Helmut Newton começou a afirmar-se no mundo da moda, produzindo criativos e divertidos editoriais para as mais conceituadas revistas inglesas, como a Vogue. Mas foi no início dos anos 1970 que Newton encontrou a estética que o tornou tão famoso. Os seus provocadores retratos de mulheres nuas - Newton adorava fotografar mulheres altas, de ombros largos e pernas longas - foram muitas vezes considerados escandalosos.

Helmut Newton revolucionou a fotografia de moda com as suas controversas imagens. O seu trabalho apareceu em várias publicações, desde a Vogue ao The New Yorker, e o seu nome ficou associado a vários designers, em especial a Yves Saint Laurent.

“O seu mundo de imagens glamourosas era simultaneamente chocante e atraente” declarou Tom Ford ao International Herald Tribune, aquando da morte de Newton, em 2004. “A ideia de Tom Ford de uma mulher forte com maquilhagem, cabelo arranjado e saltos altos foi muito influenciada pela fotografia de Helmut Newton, tal como a roupa de Saint Laurent... Procurámos sempre algo provocador, surpreendente e perverso em Helmut Newton”, afirmou Anna Wintour.



FOTOS (da esquerda para a direita):

01 - Yves Saint Laurent, Vogue Francesa, 1975. © Helmut Newton
02 - Catherine Deneuve, 1976. © Helmut Newton
03 - Wolford, 1995. © Helmut Newton
04 – Linda Evangelista. © Helmut Newton

terça-feira, 7 de junho de 2016

MALA LADY DIOR REINTERPRETADA POR MARC QUINN



Para comemorar a abertura da nova loja Dior na New Bond Street, em Londres, a casa francesa apresenta uma coleção de edição limitada de malas Lady Dior e pequenos acessórios em pele reinterpretados pelo artista britânico, Marc Quinn.

Uma figura de renome no mundo da arte contemporânea, Marc Quinn transpôs as suas pinturas a óleo hiper-realistas e coloridas para os acessórios Dior, transformando-os em obras de arte. A icónica mala Lady Dior surge adornada com uma íris azul na parte da frente, e com o mesmo motivo em negativo no lado oposto. “Iris provém da palavra grega para arco-íris, e as cores celebram a individualidade", afirma o artista. E acrescenta: "No meio, há o vazio negro da pupila, que recorda o mistério e a incerteza da existência."

Marc Quinn apresenta também uma série de malas Lady Dior adornadas com padrões florais, onde utiliza a mesma técnica de inversão de cores: as pétalas de uma orquídea são brancas e ou pretas, dependendo do lado da mala escolhido. O artista criou ainda uma versão da Lady Dior em couro prateado com um motivo floral gravado em relevo. Clutches e carteiras completam esta coleção de edição limitada, que está disponível na nova loja Dior da New Bond Street, em Londres.

Com esta colaboração única, a casa Dior reforça a sua ligação ao mundo da arte.



segunda-feira, 6 de junho de 2016

NOVA CAMPANHA DA BURBERRY CRUZA MODA E ARTE




A Burberry defende, há muito, o cruzamento entre Moda e Arte e a sua nova campanha outono / inverno 16/17 é prova disso. A marca britânica convidou o jovem artista e designer inglês, Luke Edward Hall, para captar o espírito artesanal da coleção e adicionar um toque de excentricidade às fotografias de Mario Testino.

A nova campanha da Burberry celebra a criatividade britânica, colocando a modelo Edie Campbell e o ator Callum Turner lado a lado com coloridas ilustrações de Luke Edward Hall, que são uma interpretação moderna de retratos clássicos. "Eu adoro o elemento humano que os desenhos acrescentam às fotografias. Neste mundo digital em que vivemos, a suavidade e o feito à mão acrescentam um toque pessoal às imagens", afirma Testino.


KATE MOSS É O NOVO ROSTO DE ALBERTA FERRETTI


Kate Moss é a protagonista da campanha outono/inverno 16/17 da Alberta Ferretti.

Fotografada em Londres pela dupla Luigi & Iango, a famosa modelo de 42 anos volta a brilhar em 8 sedutoras fotografias a preto e branco que revelam a feminilidade que é inerente à estética da marca italiana. O styling esteve a cargo de Joe Mckenna.

A campanha será publicada em julho nas revistas de moda de todo o mundo.