sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

MODALISBOA LANÇA NOVA EDIÇÃO DO SANGUE NOVO




Depois do êxito das últimas apresentações do Sangue Novo na Lisboa Fashion Week, a ModaLisboa continua a sua aposta na descoberta e promoção de novos talentos da Moda Portuguesa. As inscrições para a próxima edição do SANGUE NOVO, a realizar em MARÇO de 2015, integrada na MODALISBOA – LISBOA FASHION WEEK, decorrem até ao dia 22 DE DEZEMBRO DE 2014.

FAÇA O DOWNLOAD DO REGULAMENTO AQUI


REGULAMENTO

1. Participantes
Todos os alunos portugueses finalistas de Cursos de Design de Moda de escolas nacionais ou internacionais e jovens designers de moda que já tenham terminado a sua formação e estejam atualmente a iniciar a sua marca. Os designers podem candidatar-se em nome individual ou em dupla.


2. Candidaturas
Cada candidato deverá entregar um projeto original desenvolvido especialmente para apresentar no Sangue Novo, de Homem e/ou Senhora, outono/inverno 2015/16. O projeto deverá ser apresentado em formato de portfólio, A3, encadernado, bem como em formato digital (CD ou DVD) e deverá compreender:

- Curriculum Vitae;
- Mood board e texto introdutório / conceito que apoie e fundamente o projeto (máximo de 600 caracteres com espaços);
- Ilustrações dos coordenados propostos: entre 6 e 10;
- Desenhos planos ou técnicos com todas as especificações necessárias para uma boa compreensão de cada peça;
- Breves memórias descritivas das peças;
- Paleta de cor e amostras dos materiais escolhidos;
- Comprovativo de frequência de uma escola de Design de Moda ou Certificado de Habilitações / Diploma;
- Contactos (nome, telefone, morada e e-mail);
- Um envelope para a Associação ModaLisboa proceder à devolução do projeto, devidamente endereçado e selado (conforme peso do projeto) e com as dimensões necessárias para o seu envio*.

* Os designers não selecionados que desejem levantar os seus projetos na Associação ModaLisboa, poderão fazê-lo, ficando assim dispensados de incluir o envelope.


DATA LIMITE DE ENTREGA DOS PROJETOS: Os projetos deverão ser entregues na Associação ModaLisboa até às 17 horas do dia 22 DE DEZEMBRO DE 2014, ou enviados por correio, até à mesma data*, para:

ASSOCIAÇÃO MODALISBOA
Rua do Arsenal, 25
1100-038 Lisboa

*Só serão considerados os projetos que exibam selo com a data mencionada e que cheguem à Associação ModaLisboa, no máximo, a 23 de dezembro.

Os candidatos são responsáveis pela veracidade das informações enviadas, podendo, no caso de qualquer irregularidade, ser anulada a sua participação no Sangue Novo.


3. Seleção de Projetos
Após apreciação individual de cada projeto, ao nível de conceito, design, cores e matérias-primas, o júri - constituído pela presidente da Associação ModaLisboa, Eduarda Abbondanza, e outros profissionais do setor da Moda - apurará entre 8 e 10 projetos para a fase seguinte. Os candidatos selecionados serão contactados até ao dia 23 DE JANEIRO DE 2015.


4. Apresentação Pública
A apresentação pública dos projetos realizar-se-á no desfile SANGUE NOVO integrado na 44ª Edição da ModaLisboa – Lisboa Fashion Week, em MARÇO DE 2015. A Associação ModaLisboa assume as despesas relativas ao desfile - produção, casting, maquilhagem, cabelos - ficando a produção da coleção e respetivo styling a cargo de cada participante. A ModaLisboa realizará igualmente a promoção do Sangue Novo e dos seus participantes junto dos media nacionais e internacionais, profissionais do setor de moda e público em geral.



5. Presença no FashionClash
No âmbito da parceria de intercâmbio estabelecida entre a ModaLisboa e o FashionClash, um dos designers do Sangue Novo será convidado a apresentar o seu trabalho no reconhecido festival de moda holandês, que reúne talentos emergentes de todo o mundo.

No dia do desfile, elementos da organização do FashionClash iniciarão a recolha das informações que considerem necessária para a seleção do designer. Verificará se os coordenados entregues correspondem exatamente às propostas apresentadas em projeto em termos de design, materiais e cores e analisará também a execução técnica (modelagem, draping, acabamentos). O nome do designer selecionado será anunciado após o desfile. Sobre a decisão do FashionClash não haverá recurso.


6. Direitos de Autor
Os autores têm plenos direitos sobre a autoria dos seus projetos, sendo os seus proprietários legais. A ModaLisboa reserva-se, porém, no direito de utilizar fotografias, desenhos, imagens de vídeo e informação necessária para a comunicação e promoção do Sangue Novo, das coleções apresentadas e dos designers participantes.


7. Devolução dos Projetos
Os projetos selecionados para a 2ª fase ficarão na posse da organização até ao dia do desfile Sangue Novo como forma de apoio ao júri, pelo que os concorrentes deverão ter cópias dos mesmos.
Os projetos não selecionados poderão ser levantados na Associação ModaLisboa ou serão devolvidos pelo correio desde que sejam entregues acompanhados de um envelope com as dimensões necessárias para o seu envio, devidamente endereçado e selado (conforme peso do projeto).

NOTA: Todas as questões não previstas neste regulamento serão objeto de apreciação e decisão do júri constituído.


CONTACTOS

ASSOCIAÇÃO MODALISBOA
Rua do Arsenal, 25
1100-038 Lisboa – Portugal

Tel.: +351 21 321 30 00
E-mail: modalisboa@modalisboa.pt

A ARTE DOCE DE DAMIEN POULAIN


Quase todas as pessoas gostam de doces, pela sua miríade de cores, formas, sabores e, em especial, pelo açúcar!

O designer gráfico e ilustrador britânico, Damien Poulain, quis explorar o nosso fascínio inato por gulodices, utilizando as confeções da pastelaria holandesa Jamin para recriar uma série de máscaras tribais. Os resultados são admiráveis.


quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

FASHION TV INICIA HOJE A TRANSMISSÃO DOS PROGRAMAS DA MODALISBOA LEGACY




A Fashion tv, parceira da ModaLisboa na divulgação internacional da Moda Portuguesa, inicia hoje a transmissão dos programas da 43ª edição da Lisboa Fashion Week.

Até ao próximo dia 3 de dezembro, os desfiles da ModaLisboa Legacy serão transmitidos em dois programas especiais em prime time na Fashion tv internacional, dando a milhões de telespectadores de todo o mundo a oportunidade de conhecer as propostas para o verão 2015 dos principais criadores de moda nacionais. Em Portugal, os programas podem ser vistos no canal Fashion tv Portugal (NOS canal 57; MEO canal 108; Vodafone 180; Cabovisão 106). Os programas estão ainda disponíveis no canal fashiontv do Youtube.

Não deixe de ver!

20 NOVEMBRO | 22h00 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
21 NOVEMBRO | 22h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 2
21 NOVEMBRO | 23h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
23 NOVEMBRO | 22h00 | ModaLisboa SS15 - Parte 2
24 NOVEMBRO | 22h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
24 NOVEMBRO | 23h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 2
26 NOVEMBRO | 22h00 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
27 NOVEMBRO | 22h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 2
27 NOVEMBRO | 23h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
29 NOVEMBRO | 22h00 | ModaLisboa SS15 - Parte 2
30 NOVEMBRO | 22h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
30 NOVEMBRO | 23h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 2
02 DEZEMBRO | 22h00 | ModaLisboa SS15 - Parte 1
03 DEZEMBRO | 22h30 | ModaLisboa SS15 - Parte 2




STORE IN STORE NUNO BALTAZAR NA LOJA ALEXANDRA MOURA MA+S




Entre 21 de novembro e 4 de dezembro, o espaço Alexandra Moura Ma+s volta a acolher as criações de outro designer de moda, dando, assim, continuidade ao conceito Store in Store. Desta vez o convidado é oNuno Baltazar, que traz até Lisboa as suas propostas para o outono/inverno 14/15, assim como vários acessórios da sua marca.

Durante duas semanas, o trabalho do designer portuense estará disponível no nº 77 da Rua D. Pedro V, no Príncipe Real, em Lisboa, permitindo a criação de sinergias e o diálogo com outros públicos.

Não deixe de passar por lá!


ALEXANDRA MOURA MA+S
Rua Dom Pedro V, 77
1250-093 Lisboa
213142511
loja@alexandramoura.com

Horário:
Segunda a Sábado, 11h00-20h00

DESIGNERS DE MODA REINTERPRETAM MOCHILAS DA EASTPAK A FAVOR DA DAA




Na quarta edição do projeto “Eastpak Artist Studio”, a conhecida marca de mochilas, Eastpak, conta com a colaboração de grandes nomes da indústria da moda, como Manolo Blahnik, Jean Paul Gaultier e Sybilla, entre outros, para reinterpretar a sua peça mais icónica. Dezasseis artistas foram convidados a usar a sua energia criativa para transformar cada uma das mochilas Eastpak numa obra de arte a favor da organização Designers Against AIDS (DAA).

As criações resultantes deste projeto serão leiloadas a partir do próximo dia 1 de dezembro no website http://artiststudio.eastpak.com e as receitas reverterão na totalidade para a DAA.

Quem não gostaria de ter um bomber que se transforma em mochila de Jean Paul Gaultier?

quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

MARCAS DE MODA INTERNACIONAIS UNEM-SE PARA AJUDAR AS CRIANÇAS DE DARFUR


O projeto de solidariedade “Frimousses de Créateurs”, lançado em 2002 pela UNICEF, regressa este ano com a sua 12ª edição, intitulada "Opera, Aria, etc". De Chanel a Gucci, passando por Dior, Lanvin, Dolce & Gabbana, Jean Paul Gaultier ... As maiores casas de moda internacionais colaboram com esta iniciativa, criando bonecas únicas para serem leiloadas em benefício de uma causa nobre. Este ano, o valor angariado reverterá para a campanha "Objectif 100%, vaccinons chaque enfant" de ajuda às crianças de Darfur.

Dolce & Gabbana apresenta "Violetta", uma boneca inspirada na personagem principal da obra veneziana “La Traviata” de Giuseppe Verdi. A boneca em seda da casa Dior chama-se "Olga" e veste um vestido bordado com cristais. Chanel cria uma boneca à imagem do seu desfile Paris-Byzance, enquanto Elie Saab veste "Rose" com um amplo vestido de cetim inspirado no seu desfile de Alta Costura primavera-verão 2014.

Dezenas de designers e casas de moda exibem o seu universo através destas pequenas bonecas de luxo que estão expostas até ao próximo dia 23 de novembro no Theatre du Chatelet em Paris e serão leiloadas na noite de 24 de novembro no mesmo local.




“LANVIN: I LOVE YOU” REVELA O UNIVERSO ARTÍSTICO DE ALBER ELBAZ


O novo livro “Lanvin: I Love You”, publicado pela Rizzoli, revela o universo artístico do diretor criativo da Lanvin, Alber Elbaz, dando especial destaque às criativas personagens que têm dado vida às montras da marca há mais de uma década. Com mais de 200 imagens das atraentes montras da loja Lanvin na Rue du Faubourg Saint-Honoré, bem como uma seleção de exposições no Hotel Crillon em Paris e na Art Basel, em Miami, o livro inclui também esboços inéditos e notas escritas à mão por Alber Elbaz, que revelam a inspiração do designer. “Eu sou sempre inspirado pelas histórias, pelas palavras". "Quando faço as montras, não começo com um vestido vermelho ou um casaco branco, começo com um sonho e um esboço ... as montras são um retrato de uma coleção, uma porta para o mundo Lanvin."

Sob a direção criativa de Alber Elbaz, a Lanvin é hoje uma das mais poderosas casas de moda de Paris. A sua respeitosa alusão às origens e estética primordial da Lanvin é temperada por uma energia transformadora que tem conquistado um novo público para a marca. Além dos seus dinâmicos desfiles, Alber Elbaz distingue-se pela forma original de apresentar os seus projetos nas montras das lojas Lanvin, especialmente na loja da Rue du Faubourg Saint-Honoré, em Paris. O designer considera as montras um prolongamento dos seus desfiles e um excelente meio para comunicar o espírito de cada coleção e por isso dedica-se afincadamente às montagens surreais e atraentes das suas vitrinas, que não deixam ninguém indiferente.





terça-feira, 18 de Novembro de 2014

TOY – O PRIMEIRO PERFUME DE JEREMY SCOTT PARA MOSCHINO


A silhueta musculosa de “Le Male” de Jean Paul Gaultier, a granada de Viktor & Rolf, o bouquet floral de Valentino... Quem pensava que os frascos de perfume mais criativos e inusitados já tinham sido todos inventados, enganou-se. Jeremy Scott, diretor criativo da Moschino, lança a sua primeira fragrância para a marca de moda italiana e, como seria de esperar, volta a surpreender ao apresentar “Toy”, um perfume brinquedo. A fragrância é apresentada num frasco escondido dentro de um urso de peluche, que está vestido com uma t-shirt estampada com o slogan “This is not a Moschino Toy”.

O urso vem embalado numa caixa clássica de brinquedo, repleta de logos como “try me” e “touch me”. A campanha publicitária, fotografada por Steven Meisel, é protagonizada por Isabeli Fontana.

“Queria levar a fragrância mais além, contrariar o aspeto que supostamente deve ter o frasco”, afirma Jeremy Scott.

A fragrância combina aromas de mandarina, cardamomo e bergamota, com notas de lavanda e violeta. A sua base de sândalo, baunilha, musgo e acácia alude à floresta nativa do urso. “Toy” está à venda, exclusivamente, nos armazéns Harrods, em Londres, até ao dia 23 de novembro, seguindo posteriormente para as perfumarias do resto do mundo.


segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

DIANE VON FURSTENBERG LANÇA AUTOBIOGRAFIA


Designer, mulher de negócios, ativista ... Dezasseis anos após o lançamento do seu primeiro livro de memórias, Diane Von Furstenberg revela agora as múltiplas facetas da sua vida e carreira na autobiografia "The Woman I wanted to be", publicada pela editora Simon & Schuster.

Um livro de 400 páginas onde a designer dá a conhecer a sua vida e percurso no mundo da moda, desde o seu nascimento na Bélgica até aos aclamados desfiles em Nova Iorque. A primeira parte do livro, "The Woman I am", mais intimista e pessoal, revela a infância da designer, os seus amores e momentos privados, o seu estilo de vida saudável e as causas que defende, enquanto que a segunda parte, "The Business of Fashion", foca o império que Diane Von Furstenberg construiu, desde a criação do famoso “Wrap Dress” em 1974, à coleção outono/inverno 2014/15 inspirada nos Ballets Russes. Um vasto império que a tornou uma das mulheres mais influentes do mundo.

DIANE VON FURSTENBERG nasceu em Bruxelas, estudou em Genebra mas escolheu a cidade de Nova Iorque para viver. Instalou-se num prédio inteiro no Meat Packing District, onde passou a funcionar a sua grife DFV. Depois de vender 5 milhões de wrap dresses por semana e de ser capa do Wall Street Journal e da Newsweek, decidiu suspender o seu negócio devido a um processo de expansão mal planeado. Na década de 80, mudou-se para Paris e dedicou-se ao ramo editorial. Só regressou ao mundo da moda em 1997. “Tenho muito orgulho do que fiz ainda muito jovem. Criei uma marca, mas perdi-a. Agora, voltei ao negócio com muito mais experiência”, relatou. Em 1998, publicou as suas memórias, "Diane: A Signature Life". Em 2005, o Council of Fashion Designers of America (CFDA) distinguiu-a com o prémio carreira e em 2006 nomeou-a sua presidente. Em 2012 foi eleita a 33ª mulher mais poderosa do mundo pela revista Forbes.

sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

KARL LAGERFELD DESENHA COLEÇÃO DE CHAPÉUS PARA MAISON MICHEL


Desde há cerca de oito décadas, que a chapelaria Maison Michel torna as suas sofisticadas e criativas criações em verdadeiros objetos de desejo para colecionadores e fashionistas. A casa francesa dá forma aos chapéus dos desfiles Chanel desde 1996, mas os papéis agora invertem-se. Karl Lagerfeld colaborou com a Maison Michel na criação de uma coleção cápsula de cinco chapéus exclusivos, que têm os nomes das suas modelos favoritas, e encarnam os estilos e personalidades das 5 mulheres: Karlie Kloss, Anja Rubik, Poppy Delevingne, Cara Delevingne e Kendall Jenner.

Preto profundo, branco puro, palha natural, feltro, fitas largas em cetim de seda, véus de renda ... Inspirado pelos códigos de elegância e minimalismo da casa fundada em 1936 por Auguste Michel, Karl Lagerfeld apresenta uma coleção de headwear ultra feminina, que estará à venda nas lojas da marca em fevereiro de 2015.

O lookbook da coleção é composto por selfies de Nadja Bender e Jamie Bochert. A partir de fevereiro os clientes da marca serão convidados a experimentar os chapéus e publicar as suas selfies com o hashtag #maisonmichelbykarllagerfeld.

A MAISON MICHEL foi fundada em 1936 por Auguste Michel. Em 1965, passou por uma profunda transformação quando o chapeleiro Pierre Debard e a sua mulher Claudine assumiram a direção da marca e começaram a produzir chapéus de aba larga sem costuras, modelos que chamaram imediatamente a atenção de Pierre Cardin e Yves Saint Laurent.

O negócio cresceu e nos anos 1980 a Maison Michel produzia chapéus para as coleções da Givenchy, Nina Ricci, Laroche, Lanvin, Christian Lacroix… O sucesso era tanto que em 1996 a Chanel comprou a marca, que até hoje integra o grupo de ateliês homenageados nos desfiles anuais Metiers D’Art da Chanel. Em 2006, Laetitia Crahay, responsável pela linha de acessórios e joalharia da Chanel, assumiu a direção criativa da Maison Michel e começou a expansão da marca, que além de fornecer os seus serviços para grandes casas de moda passou também a vender ao público em geral. Entre as suas clientes mais famosas encontram-se as gêmeas Olsen, Poppy Delevingne, Rachel Bilson, Carla Bruni e Victoria Beckham.

PIERRE CARDIN INAUGURA NOVO MUSEU



Passaram 17 anos desde que Pierre Cardin guardou a sua fita métrica e abandonou as apresentações sazonais de coleções. As criações do designer que revolucionou a moda com estampagens geométricas, silhuetas futuristas e cores vivas voltam agora a brilhar no “Espace Evolution”, um museu dedicado à sua vida e obra que acaba de inaugurar na Rue Saint-Merri, no Marais, em Paris. Mais de 200 modelos de Alta Costura, chapéus, sapatos, joias e móveis de design emblemáticos foram transferidos do primeiro museu de Pierre Cardin em Saint-Ouen, onde estavam em exibição desde 2006, para o espaço de uma antiga fábrica de gravatas no bairro Marais.

Na entrada, dois modelos masculinos com capacete e macacão, fiéis à estética futurista de Pierre Cardin dos anos 1960, recebem os visitantes. A curadora do museu, Renée Taponier, foi aprendiz de Pierre Cardin durante 50 anos e a sua admiração pela criatividade do criador continua intacta. "Tudo o interessa, não só os materiais que servem para a moda", afirmou diante de um colete masculino com armação no peito coberta por pequenos moldes para biscoito, mas de silicone.

Com este museu, Pierre Cardin quer deixar "ao mundo o legado de um criador de moda que começou do zero". "Tive a sorte de realizar tudo o que desejava sem precisar de um banqueiro ou uma autoridade, fui um homem livre desde os 20 anos", contou. Visionário e mecenas, Pierre Cardin dirige um império mundial que além da moda, passa também pelos perfumes, hotelaria e decoração em restaurantes.